Postagem em destaque

Santareno Héricles vai ao Campeonato Brasileiro de Canoagem

O atleta santareno Héricles, de 20 anos, apoiado pelo Governo do Estado, participará do Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade e Para...

Grupo do Blog

domingo, abril 23, 2017

Está repercutindo nas redes sociais o abuso de poder de PMS no Residencial Salvação


Morador relata agressão e abuso de poder de PMs no Residencial Salvação

Caso teria acontecido após policiais atenderem outra ocorrência na noite de quinta-feira (20). Segundo o morador, a família registrou o B.O na corregedoria da PM.

Durante o atendimento de uma ocorrência de poluição sonora no Residencial Salvação, em Santarém, no oeste do Pará, na noite do dia 20 de abril, policiais militares agiram com violência e abuso de poder com os moradores. O relato é de um morador que não preferiu não se identificar.

PMs teria quebrado a porta da residência para ter acesso ao interior da casa (Foto: Internauta/Divulgação)
Segundo ele, por volta das 23h, uma família estava bebendo e ouvia o som alto, o que estava incomodando outras famílias. A polícia foi acionada e ao chegar no residencial, uma pessoa filmou como foi feita a abordagem. Um PM pediu para ele parar de registrar a ação, porém o jovem entrou em uma das casas vizinhas.
De acordo com o morador, os policiais foram até a segunda casa e invadiram o imóvel atrás do aparelho. No local, havia três adultos e uma criança que foram agredidos pelos PMs, que tinham alegado que entraram para prender um ex- presidiário que supostamente estava escondido no local. Ainda conforme o morador, todas as quatro pessoas apresentam hematomas.
Ele afirmou que os militares quebraram várias coisas na casa, incluindo um dos celulares que estavam na residência.

Policiais entraram na casa e agrediram as pessoas que estavam no local (Foto: Internauta/Divulgação)

Registro de B.O
Após a ação, a família seguiu para a 16ª Seccional de Polícia Civil, mas não conseguiu registrar o Boletim de Ocorrência (B.O). "Os plantonistas da delegacia fecharam as portas na nossa cara e falaram que não tinham como registrar o boletim. Os PMs que fizeram a agressão estavam dentro da delegacia", informou o morador.
A família agredida informou que conseguiu registrar o caso na corregedoria da Polícia Militar e os três adultos passaram por exames de corpo de delito. De acordo com o comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar (3ºBPM), tenente coronel Ademar Maués, a ação dos policiais vai ser investigada e, ao fim das apurações, caso fique comprovado o abuso de poder e agressão, os militares vão ser receber punições administrativas e penais.

Com Informações do  G1 Santarém/tucuximy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash