Grupo do Blog

quinta-feira, janeiro 08, 2015

Orla da Manaus Moderna começa a ser revitalizada.

Arthur Virgílio começa a dar nova vista para a frente de manaus
Com investimento de R$ 950 mil, orla da Manaus Moderna começa a ser revitalizada




A obra foi orçada em R$ 950 mil e tem previsão de conclusão em dez meses. – foto: Mário Adolfo Filho/divulgação

Iniciaram na manhã desta quarta-feira (7), as obras de revitalização da orla da Manaus Moderna. A obra tem investimento inicial de R$ 950 mil e deverá durar cerca de dez meses, terá etapa única, dividida em duas fases. Um dos principais objetivos é levar melhorias ao tráfego de veículos e pedestres na avenida Lourenço da Silva Braga, na área central da capital amazonense.

Conforme a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), dentre as mudanças previstas na reforma dos 800 metros de estrutura da orla, localizada em frente ao Mercado Adolpho Lisboa e Feira da Manaus Moderna, estão a iluminação a LED e nova sinalização, além de inclusão de mobiliário urbano, visto que o local também funciona como porto.

O Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) fez estudos na área e constatou que no local não há situações históricas e autorizou que fosse implementado um novo guarda-corpo na orla.

“Faremos a revitalização do pavimento e recuperação completa do passeio público. Será implementada a sinalização vertical e horizontal, além de uma nova modalidade de faixa de pedestre, a traffic calming, que é uma lombada elevada que traz mais segurança para o pedestre e diminui a velocidade do carro que está transitando nesta área”, informou Antônio Nelson, secretário-interino da Seminf.

Além dos que já atuam no local, mais agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) foram deslocados até às obras para auxiliar o fluxo de veículos na avenida.

O secretário destacou que um dos principais objetivos da reforma da área, localizada às margens do rio Negro, é a ordenação do trânsito. Durante as obras serão construídas baias de recuo para carga e descarga dos dois lados da via em fila indiana. O trânsito continuará com os mesmos sentidos, entretanto a velocidade será reduzida.



“Será uma etapa única, dividida em duas fases para não interditar o trânsito na avenida. O Manaustrans vai fazer o desvio provisório para o lado esquerdo, enquanto trabalhamos na orla. Depois a gente troca e trabalha ao lado da feira e libera a orla”, explicou o secretário.

Segundo dados da Secretaria de Comunicação (Semcom), cerca de 5 mil pessoas, entre passageiros, turistas e frequentadores das feiras passam todos os dias pela orla.

Por Cecília Siqueira (especial EM TEMPO Online)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash