Postagem em destaque

Com altos níveis de mercúrio no sangue, santarenos estão sob risco de efeitos tóxicos

Professora Doutora, Heloísa avaliou os níveis de concentração de mercúrio no sangue de pessoas que vivem na região de Santarém. Décadas...

Grupo do Blog

sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Chefes de tráfico humano vão ser transferidos para capital

O casal de suspeitos presos nesta quinta-feira (21) pela polícia do Pará em Altamira, sudoeste do estado, deve ser transferido para Belém nesta sexta (22). De acordo com a polícia civil, a suspeita deve ser encaminhada para o Centro de Recuperação Feminina (CRF). O marido dela, que se entregou na noite de quinta, aguarda posicionamento da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará sobre a disponibilidade de vagas para a confirmação do local da sua transferência.

Do G1 PA


Suspeito de ser proprietário de boate onde jovens
seriam aliciadas se entregou nesta quinta, 21
(Foto: Glaydson Castro / TV Liberal)

Antes de chegar em Belém, a dupla presta esclarecimentos para a polícia de Altamira. O casal, que seria proprietário da boate Xingu, em Vitória do Xingu, é suspeito de tráfico humano. Eles teriam aliciado jovens de estados do sul do país, como Paraná e Santa Catarina, para se prostituirem no Pará.

saiba mais

Tráfico Humano na Amazônia é liderado por uma mulher

Polícia prende suspeita de aliciar jovens no Pará  
A importância do novo Código Processo Civil

A polícia investiga o tráfico humano no sudoeste do Pará desde o dia 13 de fevereiro, quando uma adolescente de 16 anos denunciou ao conselho tutelar que era obrigada a se prostituir em Vitória do Xingu. Aproximadamente 40 vítimas foram libertadas pela polícia, e cinco pessoas foram presas - incluindo o casal que seria dono de pelo menos uma das boates onde ocorriam os aliciamentos. A previsão de conclusão do inquérito policial é neste sábado (23).

Um comentário:

  1. O táfico humano ainda existe porque tem muita gente influente envolvida nesse tipo de delito.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash