Grupo do Blog

segunda-feira, dezembro 03, 2012

Paysandu tem novo Presidente

Ídolo Bicolor é o novo presidente do Papão


Vandick Lima é o novo presidente do Paysandu (Foto: Mário Quadros)
Ex-ídolo do Paysandu, Vandick Lima terá um desafio grande como presidente do clube que defendeu nos gramados (Foto: Mário Quadros)

Candidato a presidência pela Chapa Novos Rumos, Vandick Lima é o novo presidente do Paysandu Esporte Clube. O resultado oficial foi anunciado pelo presidente da Assembleia Geral às 05h45 deste sábado (01), na sede social do clube, localizada na Avenida Nazaré.

Tendo o vice-presidente Sérgio Serra ao seu lado, Vandick falou à imprensa que o grupo eleito se reúne desde 2010 e sabe das reais necessidades do Paysandu. “Para mim, é um momento muito especial e sei que a responsabilidade é grande a cobrança vai ser maior. Vamos buscar priorizar o Centro de Treinamento e a formação de um time forte para disputar as competições importantes, além de conversar com o jurídico para saber de que maneira vamos ‘segurar’ as dívidas que o clube tem na justiça e não contrair novas”, frisou o novo presidente.

Ele garantiu que, para iniciar os trabalhos, a nova gestão do Paysandu manterá Lecheva como técnico, enquanto que para o cargo de Diretor de Futebol, uma mudança será feita: “vamos trazer de fora um gerente executivo que vai somar experiência e lidar diariamente como futebol do Paysandu. Claudomir Junior e Roger Aguilera estarão dando apoio nesse setor”.

O ex-camisa 9 do time estava eleito matematicamente desde o fim da apuração da 9ª urna, por volta das 04h40, a Chapa do ex-jogador conquistou 76 votos contra 26 da Chapa Centenário, de Victor Cunha.

No total, a Novos Rumos alcançou 479 votos; já a Centenário conquistou 278. Com isso, Vandick Lima teve 201 votos de diferença a favor de sua Chapa.

Quando foi encerrada a 10ª urna – que apontou 104 votos para Vandick contra 19 para Victor Cunha - e feito o anúncio oficial, uma nova confusão se formou, pois alguns torcedores do Paysandu, insatisfeitos com o resultado, ofenderam o presidente da Assembléia Geral. Durante boa parte do pleito, o atual vice-presidente do Paysandu, Toninho Assef, foi um dos que mais criou tumulto, confrontando os simpatizantes da Chapa Novos Rumos.

Nessa eleição, ocorreu um fato inédito: pela primeira vez, os associados (na ocasião, 757) votaram diretamente nas Chapas. Cada Chapa indicou cinco candidatos para o Conselho Deliberativo, que deve ter maioria da Chapa eleita, que assume no dia 6 de janeiro de 2013 a gestão do Paysandu. A eleição é pelo biênio 2013-2014.

Histórico - Há 38 anos que a oposição não vencia o pleito eleitoral no Paysandu. Em 1974, Antonio Couceiro venceu Paulo Castro, evitando a reeleição do então presidente.


(Lorenna Montenegro/DOL, com informações do repórter Carlos Estácio, da Rádio Clube do Pará)

2 comentários:

  1. Isso não vai dá certo, veja o vasco da gama do rio de janeiro.

    ResponderExcluir
  2. Ex jogador não dá certo como treinador, por favor renuncia wandik

    ResponderExcluir

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash