Grupo do Blog

segunda-feira, fevereiro 20, 2017

São Raimundo vence e empurra mais o Leão para a segundinha

Tabu quebrado, estádio lotado tudo foi festa em preto e branco em Santarém no estádio Colosso do Tapajós, Wanderlan e Chaverinho foram os carrascos azulino. A reportagem é do G1santarém


 São Raimundo vence São Francisco e acaba com tabu contra arquirrival


Wanderlan e Chaveirinho marcaram os gols da vitória alvinegra. Pantera assume vice-liderança do grupo A1, enquanto Leão segue na lanterna do Parazão

Por GloboEsporte.comSantarém, PA
“Tabus são feitos para ser quebrados”. Essa deve ter sido a motivação do São Raimundo neste domingo (19), diante do arquirrival São Francisco. As duas equipes realizaram o clássico Rai-Fran no estádio Colosso do Tapajós, pela quinta rodada do Campeonato Paraense, e no final quem se deu bem foram os alvinegros, que venceram por 2 a 0 e acabaram com a escrita de dez jogos sem vencer os adversários pela competição estadual. Wanderlan e Chaveirinho foram os autores do gols da vitória do Pantera.

O Colosso do Tapajós contou com um público de mais de 8 mil pessoas (Foto: Dominique Cavaleiro/GloboEsporte.com)
O resultado coloca o Pantera na vice-liderança do grupo A1, com nove pontos, atrás apenas do Paysandu, que tem a mesma pontuação, mas fica a frente por conta do número de vitórias. Já o Leão continua sem vencer no Parazão, sem pontos e na lanterna da competição. Na quarta-feira (22), o São Francisco tem a difícil missão de enfrentar o Cruzeiro em pleno Mineirão, pela segunda fase da Copa do Brasil. Já o São Raimundo encara o Águia de Marabá, na quinta-feira (23), no Colosso do Tapajós, pela sexta rodada do Campeonato Paraense.


Primeiro tempo = Equilíbrio


O primeiro tempo da partida foi de total equilíbrio (Foto: Dominique Cavaleiro/GloboEsporte.com)

O primeiro tempo do clássico começou com muito equilíbrio, até nas faltas. Em menos de cinco minutos as duas equipes já tinham levado um cartão amarelo cada. No quesito finalizações, a primeira chance clara de gol só veio aos 20 minutos, com Chaveirinho. Mas logo em seguida o Leão respondeu com Sousa, após falha da zaga alvinegra, e mostrou que a partida seria equilibrada, pelo menos na primeira etapa.


 São Francisco tentava atacar, mas pouco fez contra a zaga alvinegra (Foto: Dominique Cavaleiro/GloboEsporte.com)

Mesmo com Sousa e Tiago Marabá puxando o Leão para frente, a equipe pecava nas finalizações, enquanto que Tiago e Chaveirinho foram os principais nomes do Pantera na primeira etapa, mas também não conseguiram fazer muita coisa. As principais chances das duas equipes ficaram por conta de Fábio Paulista e Alexandre, que mandaram a bola na trave dos goleiros Roger Kath e Labilá.


Segundo tempo = domínio alvinegro


Na segunda etapa o equilíbrio foi deixado de lado para o domínio da Pantera, que mandou no restante do jogo. Uma das poucas chances do Leão ficou por conta do atacante Bartola, que ainda aos sete minutos, perdeu uma grande chance na cara do gol. Depois disso, o Pantera chegou a abrir o placar com Tiago, mas o gol foi anulado. O primeiro e legitimo gol do São Raimundo veio com o zagueiro e capitão alvinegro Wanderlan, que após cruzamento, mandou a bola para o fundo do gol de cabeça.


Fábio Paulista tentava de todas as formas abrir o marcador, mas a zaga do Pantera não deixou o jogador passar (Foto: Dominique Cavaleiro/GloboEsporte.com)

Após o gol, Walter Lima acabou fazendo várias mudanças no Leão, como as entradas de Heliton e Caçula, mas a equipe pouco mudou. O domínio de jogo seguia sendo alvinegro e Chaveirinho faz o segundo do Pantera, após assistência de Wanderlan. Os nervos da partida aumentaram e enquanto os alvinegros seguiam tranquilos em campo, os azulinos abusavam das faltas e terminaram com dois jogadores sendo expulsos – Rodrigo Santarém e Marcos Alemão. Final jogo, vitória alvinegra e fim do tabu.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash