Grupo do Blog

terça-feira, maio 20, 2014

Professora pede demissão após fazer sexo com aluno

O garotão já estava reprovado porém bastou uma  boa conversa para que o camarada conseguisse  a nota e a professora.

Foto: Divulgação

Kalyn Thompson, professora de 25 anos no estado norte-americano de Oklahoma, está sendo acusada de dar nota alta para um aluno após o estudante ter feito sexo com ela. O aluno, de 18 anos, havia sido reprovado em inglês no semestre anterior, mas recebeu nota 98 após se relacionar com a professora. Ela se demitiu em meados de abril, segundo as informações do jornal britânico Daily Mail.

Leia também:

Saiba de quem é a maior vagina do mundo


A demissão ocorreu após as "atividades extracurriculares" de Kalyn terem sido investigadas pela escola. Ela foi detida pela polícia e liberada após pagar fiança de US$ 35 mil (cerca de R$ 77 mil). O relacionamento foi descoberto por causa das mensagens de texto trocadas entre a docente e o aluno, informa o jornal. As conversas começaram em dezembro de 2013, fora da escola, disse o estudante.

Kalyn foi acusada de estupro em segundo grau, por conta das relações sexuais ocorridas em março de 2014 entre o estudante e ela. No Oklahoma, não é permitido que professores tenham relações sexuais com alunos e ex-alunos menores de 21 anos. No entanto, a idade para sexo consentido entre adultos em Oklahoma é de 16 anos. Você acha justo a abertura de processo judicial contra a professora?

Por Charles Nisz

2 comentários:

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash