Postagem em destaque

Vereador, esposa e filho são amarrados durante assalto em residência

A casa do vereador Daniel Siqueira Neves, conhecido como Daniel dos Estudantes, de 29 anos, localizada no bairro Santa Rita, em Jacundá, no...

pague seguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Grupo do Blog

quinta-feira, janeiro 02, 2014

Internet e músicas em 2014

Serviços de música por assinatura e rádios online irão atrair mais ouvintes e abrir espaço para novas empresas de música digital

A internet sempre foi a inimiga dos executivos do mundo da música. Ela facilita a pirataria, solapa as vendas de CDs e estimula as pessoas a baixarem músicas isoladas ao invés de comprá-las às dúzias. Mas ela deve dar aos executivos motivos para cantar em 2014.

Os serviços de assinatura como o Spotify, que permite aos usuários ouvir música em streaming através de uma taxa mensal ou em troca da audição de anúncios publicitários, irão atrair mais ouvintes. Serviços de rádio online como o Pandora também. E mais empresas de música digital serão abertas.

A popularização de smartphones e planos de dados ilimitados tornarão esses serviços portáteis de música mais atraentes para os ouvintes. O streaming ainda responde por uma parcela pequena no setor global da música, mas irá impactá-lo nos próximos anos. Como um roqueiro popular que se desgasta só para tentar um retorno uma década depois, o combalido setor da música provavelmente nunca irá reconquistar seu vigor anterior. Mas mesmo um crescimento modesto é uma notícia bem-vinda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash