Postagem em destaque

Com altos níveis de mercúrio no sangue, santarenos estão sob risco de efeitos tóxicos

Professora Doutora, Heloísa avaliou os níveis de concentração de mercúrio no sangue de pessoas que vivem na região de Santarém. Décadas...

Grupo do Blog

segunda-feira, maio 27, 2013

Globo prioriza Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Fluminense.


Médico denuncia suposto esquema da Rede Globo para prejudicar o Botafogo e beneficiar times “selecionados”

A informação é do blog do paulinho




Por ALESSANDRO VINOVICH

Caros amigos estou estarrecido, inconformado e pasmo com o que acabei de saber nesta tarde.

Hoje foi aniversário do pai de um grande amigo meu e fomos comemorar no Gávea Golf Club.

Em meio a comemoração dentre os convidados estavam Guilherme Paes, irmão do nosso dignissimo prefeito Eduardo Paes, no qual a sua filha Maria Eduarda é noiva do enteado do Marcelo Campos Pinto (executivo da Globo).

Leia Também
Garotinho desafia rede globo "Pode vir quente"sistema de atendimento on-line

Estavam todos na festa.

Pois bem, em meio a confraternização eis que surge o assunto do Engenhão, e, pasme, com o que vou relatar agora.

O Botafogo estava com o naming rights em torno de R$ 30 milhões/ano, até o final de 2016, engatilhado com a Wolks, inclusive com amistoso acertado com o Wolfsburger para a comemoração.

Como seria de praxe, e por contrato, o Botafogo comunicou a Prefeitura sobre o assunto informando da concessão do nome para a Wolks.

A mesma prefeitura sabendo disso informou a Globo sobre o ocorrido.

Veio, então, uma “ordem” da Globo mandando o Prefeito “arrumar um jeito” de evitar isso, pois a CAIXA, que era uma das interessadas naming rights do Engenhão, deveria ter a prioridade e que não era do interesse da emissora que o Botafogo conseguisse este investimento.

No interesse da Globo somente o Flamengo e o Fluminense no Rio de Janeiro deveriam possuir tais investimento, caso o botafogo conseguisse ficaria complicado pois o clube iria se reforçar e poderia dar trabalho para os favoritos ao título que interessariam a Globo, casos de Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Fluminense.

Conforme foi dito, o laudo da empresa SBP que condenou o Engenhão, estranhamente apareceu quatro meses após ter sido encaminhado um primeiro laudo da empresa no qual foi desconsiderado e exigido uma “nova” análise que durou 2 semanas.

A globo tem interesse de certos clubes briguem pelo título e outros fiquem de fora.

Estranhamente o laudo do Engenhão já passou por três outras empresas e até mesmo pela Associação de Engenharia do Brasil, que é o órgão mais respeitado em matéria de Engenharia e Arquitetura da América Latina que afirmam que o problema informado no Engenhão não existe e, mesmo assim, a nossa Prefeitura teima em não vai libera-lo.

Agora o pior foi saber que o atual gerente do Botafogo, Sidney Loureiro e o gestor de futebol, Chico Fonseca estão a par de tudo.

A ideia é que o Botafogo não crie problemas com a promessa do naming rights da Caixa vingar ano que vem, com valores bem menores do que o acertado com a Wolks.

Por isso os mesmos dirigentes se aproveitaram da situação e pediram o afastamento do Mauricio Assunção da presidência.

Os únicos no Botafogo que não sabem dessa história seriam o Carlos Augusto Montenegro e o Sergio Landau.

Bom sei que pode parecer loucura, mas a fonte disso tudo eu dou agora, e boto a cara pra bater se quiser, quem passou tudo isso foi Ricardo Costa Martins o enteado do Marcelo Campos Pinto e namorado da sobrinha do nosso prefeito Eduardo Paes que estava “bebaço” e cuspindo para quem quisesse ouvir essa história sendo até repreendido pelo seu sogro Guilherme Paes.

*ALESSANDRO VINOVICH formou-se em medicina na USP e é médico residente na Casa de Saúde São José (Rio de Janeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash