Grupo do Blog

quarta-feira, novembro 28, 2012

Deputado pede a saida de José Maria Marin e Marco Polo Del Nero.

Depois de ter pedido a demissão de Mano Menezes do comando da Seleção Brasileira, Romário foca a metralhadora para o presidente José Maria Marin e Marco Polo Del Nero. 

Por Esporte Interativo

O deputado federal Romário voltou a atacar a CBF na manhã desta quarta-feira. Após ter comemorado a demissão de Mano Menezes, o ex-jogador criticou a gestão da entidade máxima do futebol brasileiro e pediu a saída do presidente José Maria Marin e Marco Polo Del Nero.

Em sua conta no Twitter, o deputado não mediu palavras para soltar o verbo:

"Bagunça generalizada, clubes reclamam do abandono da CBF depois que Marin assumiu. Muitos compromissos não foram cumpridos. Ou seja, está uma m...", escreveu.

O protesto de Romário foi pouco antes de Luis Felipe Scolari ter sido confirmado como o novo técnico da Seleção Brasileira e de Andrés Sanchez ter deixado oficialmente o cargo de diretor de competições.

"Acho estranho o Marin dizer que está irritado com a presença de Andrés Sanchez na Seleção. Quem manda de fato na CBF? Depois de o Sanchez pedir demissão o presidente e o vice poderiam pedir também", disse o ex-jogador.

Neste sábado acontece o sorteio da Copa das Confederações de 2013, em São Paulo. Romário aproveitou para mandar outro recado ao presidente da CBF:

"Já que o Brasil vai participar do sorteio da Copa das Confederações sem técnico e diretor de competições, poderia participar também sem presidente e vice", escreveu.

Um comentário:

  1. O baixinho está certo tem que mudar todo mundo.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash