Postagem em destaque

Vereador, esposa e filho são amarrados durante assalto em residência

A casa do vereador Daniel Siqueira Neves, conhecido como Daniel dos Estudantes, de 29 anos, localizada no bairro Santa Rita, em Jacundá, no...

pague seguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Grupo do Blog

segunda-feira, outubro 22, 2012

Manaus corre atrás de outro local para Fan Fest

Escolhido para receber o Fan Fest – evento da Fifa com exibição de jogos e shows durante a Copa do Mundo -, o Memorial do Encontro das Águas, em Manaus, não estará pronto antes do torneio começar. A previsão é do Governo do Estado do Amazonas, responsável pelo projeto, que já trabalha com outras opções de locais para receber o evento.




“Infelizmente não vai dar tempo da obra estar pronta. Quase certo que será trocado. Obra teria que começar em novembro e não vai dar”, admitiu ao UOL Esporte o coordenador da Unidade Gestora do Projeto da Copa (UGP Copa) do Governo do Estado do Amazonas, Miguel Capobiango.

Segundo o secretário, a obra orçada em R$ 40 milhões sofreu com atrasos para obtenção de liberações, já que a região é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. As limitações dificultaram, principalmente, a colocação de instalações provisórias para a obra, que ainda não começou.

Capobiango afirma que, sem o Memorial do Encontro das Águas pronto a tempo, a cidade já enviou à Fifa três opções de locais para realização do Fan Fest: as instalações do Centro Cultural Povos da Amazônia, o entorno do teatro Amazonas, no centro de Manaus, e uma área na praia Ponta Nega, às margens do Rio Negro. “Qualquer uma das três atende aos requisitos da Fifa”, diz o secretário.

O UOL Esporte entrou em contato com a assessoria de imprensa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A superintendente do Iphan em Manaus, Sheila Campos, não foi encontrada para falar sobre o caso.

O projeto do Memorial Encontro das Águas foi feito em 2005 pelo escritório do arquiteto Oscar Niemeyer e custou R$ 600 mil. Após seis anos de idas e vindas, ele foi descartado pela prefeitura de Manaus em março de 2011. Dias depois do anúncio, porém, o governo do Estado informou que bancaria a construção. Desde então, a obra foi incluída no cronograma de projetos para a Copa e oferecida para receber o Fifa Fan Fest.

O governo do Estado do Amazonas afirma que mesmo não sendo utilizado na Copa, o memorial segue no cronograma de obras. O projeto prevê 9.383,33 m² de área construída no local conhecido como Mirante da Embratel, no bairro Colônia Antônio Aleixo, zona leste de Manaus.

“O conjunto arquitetônico será composto por um pavilhão em formato de oca, com 35 metros de diâmetro na base e altura de sete metros, elevado em relação ao piso da praça, proposta como espaço aberto à paisagem. A estrutura irá dispor também de um subsolo onde funcionará o restaurante com visão panorâmica para o fenômeno do encontro das águas dos rios Amazonas e Negro”, diz o governo do Estado de Amazonas em nota.
Do UOL, em São Paulo,
 por Paulo Passos:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash