Postagem em destaque

Você acredita que a conta de luz vai ficar mais barata com a venda da Eletrobras

O ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, afirmou que a conta de luz deverá ficar mais barata a médio prazo com a pri...

pague seguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Grupo do Blog

sexta-feira, setembro 14, 2012

Dilma Roussef grava propaganda eleitoral em favor de Vanessa

Lula chega a Manaus na próxima quarta feira(19), o ex-presidente tem presença garantida no comicio da candidata Vanessa Grazziotin.


Senadora Vanessa Grazziotin

Depois de a presidente Dilma Rousseff gravar para a propaganda na TV, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participará de comício da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), candidata à prefeitura de Manaus, na próxima quarta-feira, na tentativa de tirá-la do segundo lugar nas pesquisas. Ela está dez pontos percentuais atrás do ex-senador Arthur Virgílio (PSDB), de acordo com a última pesquisa Ibope divulgada no dia 16 de agosto. Derrotar o tucano, que foi líder da oposição a seu governo, é uma questão de honra para Lula.

Neste momento, o que monopoliza as duas campanhas não são projetos para a cidade nem disputas ideológicas. Um suposto ataque à Vanessa, que teria sido atingida por um ovo ao chegar a um debate de TV, na última terça-feira, virou quase um folhetim, com duas versões.

Sob o título “Contra a Covardia”, a campanha de Vanessa explorou o episódio no horário eleitoral, ressaltando a violência contra uma mulher. E exibiu imagens de um sobrinho de Virgílio que teria mobilizado uma equipe de apoio da campanha tucana para que o suposto agressor pudesse deixar o local.


O assunto chegou até o plenário do Senado, levado por Vanessa, que fez discurso e recebeu solidariedade de vários colegas. A Casa, que está com os trabalhos praticamente suspensos por causa das eleições municipais, funcionou em regime de esforço concentrado nesta semana.

Já a campanha de Virgílio, sob o título “A Farsa do Ovo”, está exibindo um passo a passo, com fotos e análise minuciosa do incidente, para dizer que foi uma montagem, com o objetivo de vitimizar Vanessa, que está em segundo lugar nas pesquisas.

O último grande embate da campanha tinha sido a exploração, por parte da campanha de Vanessa, de uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) impetrada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, correligionário de Virgílio, contestando os benefícios fiscais da Zona Franca de Manaus.

Na capital amazonense há outros três candidatos da base aliada de Dilma: Serafim Corrêa (PSB), José Henrique Oliveira (PR), ligado ao ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento, e Raimundo Maues (PTB). Mesmo assim a presidente resolveu gravar depoimento para a propaganda de TV de Vanessa.

O então presidente Lula se empenhou pessoalmente para derrotar Virgílio na campanha de reeleição para o Senado em 2010 . Oposicionista ferrenho, o ex-líder do PSDB chegou a dizer, em 2005, na tribuna do Senado, que daria uma surra no petista por causa de supostas ameaças contra ele e sua família. Esse episódio foi explorado na campanha de 2010, quando a popularidade de Lula estava altíssima e ele se tornou o cabo eleitoral mais forte do país.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash