Postagem em destaque

Manaus- Casal de pastores é preso suspeito de matar homem que mantinha amantes em igreja

Segundo a polícia, a vítima mantinha relacionamento com duas mulheres casadas membros da mesma igreja. Elas contaram tudo aos respectivos ...

Os melhores presentes para sua mãe

Copa do Mudo

sexta-feira, fevereiro 09, 2018

Morre policial baleado quando levava filha para escola é o sétimo no Pará

O cabo da Polícia Militar Marcelo Costa de Carvalho, atingido com um tiro quando levava sua filha para escola na manhã desta sexta-feira (09), não resistiu aos ferimentos e morreu durante procedimento cirúrgico no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua. O agente é sétimo policial militar morto no Pará apenas neste início de ano.

Cabo Marcelo Carvalho servia a corporação militar há 19 anos (Foto: Reprodução)

O cabo foi assassinado na manhã de hoje em uma suposta tentativa de assalto, enquanto levava a filha para a escola. O crime aconteceu na rua Santa Fé, próximo da avenida Independência, no bairro do Icuí, em Ananindeua. De acordo com as primeiras informações, o cabo Marcelo estava em uma motocicleta de modela Honda Biz com sua filha, quando dois elementos em uma moto passaram a persegui-lo em um determinado ponto da avenida. Após alguns minutos, os bandidos conseguiram cercá-lo e, mesmo rendido, acabou sendo baleado na região do tronco. Os criminosos roubaram a motocicleta do policial e fugiram logo em seguida, um em cada moto. Ninguém foi preso até o momento.

O cabo Carvalho chegou a ser socorrido por colegas do 6º Batalhão e levado para o Hospital de Urgência e Emergência do Metropolitano. Sua filha não foi ferida e recebeu atendimento psicológico em seguida.

O diligente policial militar fazia parte do quadro do Gabinete Militar do MPPA desde novembro de 2015. Ele deixa uma esposa e um casal de filhos.

INVESTIGAÇÃO

A Polícia Civil informou que câmeras de vigilância próximas do local do crime captaram parte da ação dos criminosos. Com uma das imagens foi possível identificar um dos suspeitos.

Embora os bandidos tenham levado a motocicleta do PM, a polícia prefere não confirmar nenhuma versão antes das investigações. Uma linha de investigação trabalha com a possibilidade do crime ter sido uma tentativa de execução por encomenda.

O Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) está acompanhando as investigações para identificação dos autores do crime.

( Com informações Dol )


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário

Flash

pague seguro

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro