Postagem em destaque

Professora exigia sexo para aumentar notas de alunos. Veja o vídeo!

Uma professora casada de Medellín, Colômbia, foi presa após acusações de que transava com alunos menores de idade e, em troca, dava notas ...

Olho do Boto

Grupo do Blog

Informatica

segunda-feira, julho 03, 2017

Criança de 10 anos dá à luz após ser violentada duas vezes em Careiro Castanho

Os casos aconteceram entre agosto e outubro de 2016. A criança ficou grávida e deu à luz um bebê prematuro. Os suspeitos foram presos na sexta-feira  
O fato será investigado pela Delegacia Especializada em Proteção À Criança e Ao Adolescente (DEPCA) (Foto: Arquivo AC)


Dois homens foram presos no município de Careiro Castanho (distante a 88 km de Manaus), suspeitos de estuprarem uma menina de dez anos. Os casos aconteceram entre agosto e outubro de 2016. A criança ficou grávida e deu à luz um bebê prematuro. Ambos passam bem.

Segundo o delegado da 34º Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Daniel Antony, o primeiro caso aconteceu quando a criança tinha ido à casa do pai do seu padrasto vender uma rifa escola e este a levou para o andar de cima da casa. Neste momento, ela foi violentada em uma rede.

A polícia informou que cerca de um mês depois, durante o trajeto escolar, após deixar as crianças na escola, o condutor do coletivo pediu para que a mesma criança o acompanhasse para pegar outras meninas no KM 11, da estrada do município de Autazes. No caminho o homem desviou o percurso para uma vicinal e passou a abusar da menor. Na época ela estava com dez anos.

Conforme o delegado, os criminosos usaram de ameaça para impedir que a criança relatasse os abusos para outras pessoas.

Na última quinta-feira (29), a juiza da comarca de Careiro Castanho, Sabrina Cumba Ferreira, expediu mandado de prisão preventiva para os dois homens. Na sexta-feira (30), o delegado de Careiro Castanho cumpriu a determinação judicial.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Proteção À Criança e Ao Adolescente (DEPCA).
acritica.comManaus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário