Postagem em destaque

Nélio assina Ordem de Serviço para a 2ª etapa da Praça de Eventos

Assinada a Ordem de Serviço para 2ª etapa da Praça de Eventos O Prefeito de Santarém Nélio Aguiar e o secretário Municipal de Infraest...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

terça-feira, abril 18, 2017

Ex-prefeito é preso em barreira da Policia Federal


Ex-prefeito de Careiro é preso em barreira da PF
Leia Também

Globo esclarece polêmicas sobre novela em Belém

O ex-prefeito está preso na carceragem da 34ª DIP em Careiro Castanho – fotos: Divulgação

O ex-prefeito de Careiro Castanho (distante 88 km de Manaus), Hamilton Alves Villar, foi preso, nesta segunda-feira (17), pela Polícia Federal (PF), em cumprimento a mandado de prisão preventiva por infração prevista nos artigos 317 do Código Penal, art 2 da Lei 12.850/13 e artigo 90 da lei 8666/93, relacionadas à crime eleitoral. Ele foi interceptado em um veículo, quando tentava cruzar a barreira policial da PF no município.



Hamilton foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva

Hamilton é acusado pela suposta prática dos crimes eleitorais que tratam de falsificação de documentos, omissão ou declaração falsa de documentos públicos ou particulares e fazer uso de qualquer documento falsificado.

No fim de 2016, dias antes de passar o cargo, o ex-prefeito teria sido flagrado em escutas telefônicas, autorizadas pela justiça, conversando com secretários sobre os crimes investigados. Porém, como Hamilton conseguiu um “salvo-conduto” da Justiça, ele não pôde ser preso.

Ao que tudo indica, Villar descobriu que poderia ser preso e entrou com a medida jurídica junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam) na semana passada.

Muitas das denúncias que originaram essa operação foram feitas pela equipe da atual administração ao longo de 2016, quando Hamilton Villar Ainda estava no comando da prefeitura do Careiro Castanho.

“O rombo que deixaram foi muito grande. Ainda não conseguimos contabilizar. Desde o ano passado estamos denunciando fraudes em licitações e outros crimes”, contou Eduardo Karan, atual procurador geral do município.

34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Danniel Antony, o ex-prefeito está preso na carceragem da unidade policial e, nesta terça-feira (18), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) deve encaminhar uma nota comunicando à imprensa sobre a prisão.

Isac Sharlon
EM TEMPO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário