Postagem em destaque

Mentor da morte de técnica de enfermagem tinha briga com filho da vítima

Segundo o delegado Juan Valério, Lessandro Leal de Lima havia se envolvido em uma briga com o filho de Corina no dia 27 de maio e desde en...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

quarta-feira, novembro 02, 2016

Mototaxista é preso ao tentar estuprar adolescente de 14 anos

O mototaxista Carlos Brasil Moçambique, 28, foi preso em flagrante por policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Ele é suspeito de tentar estuprar sua vizinha, uma adolescente de apenas 14 anos de idade. O fato ocorreu por volta das 15h de segunda-feira (31), na residência do suspeito, localizada na rua Biorana, no bairro Ciganópolis, em Coari (município distante 363 quilômetros da capital).


Mototaxista foi apresentado na Delegacia do municiío de Coari – foto: divulgação

Em depoimento prestado aos policiais, a vítima disse que antes de ser levada para o local do crime, ela aguardava uma colega que fazia compras em um comércio.

“Na ocasião, ela foi surpreendida pelo suspeito, que a segurou com força pelo braço e a mandou ficar em silêncio. Se não ela ia se ver com ele, tendo ela se submetido ao suspeito. Ele a arrastou para dentro da casa dele, levando-a para um quarto. Lá ele segurou sua cabeça e passou a beijá-la na boca e a tocar em suas partes íntimas. Nesse momento, ele disse para a vítima que se falasse algo para alguém, iria fazer algo pior com ela. Na sequência, ela conseguiu se desvencilhar dele e fugiu correndo do local. Imediatamente contou para sua genitora, a qual acionou a Polícia Militar. Nós conseguimos prender o suspeito na casa dele pouco tempo depois”, contou um policial militar, que não quis se identificar.

Na delegacia do município, o suspeito negou a autoria do crime e disse que se trata de armação da vítima. Ele foi conduzido para a Unidade Prisional de Coari, onde permanecerá à disposição da justiça.

Por equipe EM TEMPO online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário