Postagem em destaque

Professora exigia sexo para aumentar notas de alunos. Veja o vídeo!

Uma professora casada de Medellín, Colômbia, foi presa após acusações de que transava com alunos menores de idade e, em troca, dava notas ...

Olho do Boto

Grupo do Blog

Informatica

segunda-feira, junho 26, 2017

Mentor da morte de técnica de enfermagem tinha briga com filho da vítima

Segundo o delegado Juan Valério, Lessandro Leal de Lima havia se envolvido em uma briga com o filho de Corina no dia 27 de maio e desde então procurava o rapaz

Lessandro Leal de Lima, 30, foi apresentado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na manhã desta segunda-feira (26), apontado como mentor do homicídio da técnica de enfermagem Corina Maria Machado Lana, 50, ocorrido no dia 31 de maio deste ano.

O corpo da vítima foi encontrado por volta das 17h, em um matagal no bairro Tarumã, zona Oeste e apresentava marcas de tortura. Segundo o delegado Juan Valério, o rapaz havia se envolvido em uma briga com o filho de Corina no dia 27 de maio e desde então saiu em busca do rapaz para matá-lo.

"Temos relatos de testemunhas que no mesmo dia ele encontrou com Corina na rua e tentou pega-lá a força. No entanto, populares interviram e a técnica acabou sendo solta. A partir daí Lessandro chamou o primo dele, identificado como Renner, para ir atrás do filho dela", disse o delegado.

Na madrugada do dia 31, Renner e outra pessoa não identificada, foram até a casa e Corina e a sequestraram, com o intuito de fazer com que ela falasse onde o filho estava. No mesmo dia a técnica de enfermagem foi encontrada morta.

Em depoimento Lessandro nega participação no crime, porém, segundo a polícia há provas técnicas da participação dele como mandante do homicídio.

O rapaz foi indiciado por homicídio qualificado. O outro participante, Renner Fonseca Miranda, 24, permanece foragido, bem como o outro infrator que ainda não foi identificado.


Dani BritoManaus (AM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário