Postagem em destaque

Professora exigia sexo para aumentar notas de alunos. Veja o vídeo!

Uma professora casada de Medellín, Colômbia, foi presa após acusações de que transava com alunos menores de idade e, em troca, dava notas ...

Olho do Boto

Grupo do Blog

Informatica

segunda-feira, março 06, 2017

Secretários de ex-prefeito Von acusados de peculato

Um grande escândalo envolvendo os ex-secretários de confiança da gestão de Alexandre Von parece vir à tona. Rosivaldo Colares – ex-titular da Secretaria Municipal de Agricultura e Incentivo à Produção Familiar (Semap) – e Edilson Pimentel – ex-titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) -, juntamente com um ex-servidor da Secretaria Municipal de Administração (Semad) foram denunciados por possível crime de Peculato.

Máquina da Prefeitura estava sendo usada para serviços em uma propriedade particular e foi totalmente destruída.

Peças retiradas da Pá Mecânica

Em documentação encaminhada à Polícia Civil, o Procurador Jurídico do Município, George Wilson S. Calderaro solicita a abertura de Inquérito Policial com objetivo de averiguar fato. O suposto crime chegará também ao conhecimento do Ministério Público Estadual (MPE), que deverá rapidamente apurar o caso, por meio de procedimentos adequados, tentar promover o ressarcimento ao erário público.

Máquina totalmente destruída

Segundo narra George Wilson Calderaro à autoridade policial, Rosivaldo Colares, em setembro de 2015, solicitou a Edilson Pimentel, a cessão de uma máquina tipo Pá Mecânica 9234 – Caterpillar e uma concha da pá mecânica, que supostamente seria utilizada para o trabalho de compostagem no aterro da comunidade de Perema, “cujo pedido foi atendido”, cita, e acrescentado: “Ocorre que nesta gestão atual buscou-se o paradeiro desse equipamento para que fosse devolvido e assim recompor a força de trabalho da Seminfra, tendo-se descoberto então que tal máquina nunca chegou ou sequer foi utilizada no aterro do Perema na execução do serviço para qual foi requisitada. Em diligência realizada descobriu-se que a mesma estava em uma propriedade particular pertencente ao Sr. André Massayuki Nakata. Que o mesmo se apropriou do respectivo equipamento quando ainda na condição de funcionário público, lotado na Semad, como coordenador do Mercado Tupaiulândia, não tendo o fato acontecido sem que houvesse a conivência do titular da Semap, Rosivaldo Colares”, informa o Procurador Jurídico.
Equipamentos que foram retirados da Pá Mecânica e abandonados

De acordo com George Wilson, os três acusados, cometeram em tese o crime de peculato, nos termos do art. 312, caput, do CP. Como forma de subsidiar a comprovação de tal ocorrência, anexou à documentação entregue ao Diretor da 16º Seccional de Polícia Civil, provas materiais caracterizada por acervo fotográfico, além de “farta prova testemunhal, pelos servidores que diligenciaram ao local onde se encontra a máquina totalmente depenada”, conclui o procurador George Wilson Calderaro.

A gravidade da situação, se comprovada, revela mais uma cena dantesca de como um bem público torna-se privado com muita facilidade. Quem comete o crime de peculato está sujeito a uma pena de reclusão de 2 a 12 anos e pagamento de multa.

Fonte: RG 15/O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário