Postagem em destaque

Luciana Gimenez chama atenção com foto provocante

Ousada que só ela, a apresentadora Luciana Gimenez esbanjou sensualidade em um registro compartilhado nas redes sociais. Aos 47 anos de id...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

terça-feira, março 14, 2017

Gerente da Caixa Econômica e família viram reféns

Suspeitos armados invadiram a residência de um gerente da Caixa Econômica de Mosqueiro e fizeram ele e sua família reféns na madrugada desta terça-feira (14). A informação foi confirmada pela Polícia Federal, que está investigando o crime.

O gerente foi obrigado a sacar o dinheiro do cofre na ilha de Mosqueiro, um prejuízo de aproximadamente R$ 800.000. (Foto: Divulgação/MPPA)
De acordo com a PF, os suspeitos mantiveram todos dentro da residência e hoje pela manhã obrigaram o gerente ir sacar o dinheiro do cofre na ilha de Mosqueiro, levando aproximadamente R$ 800.000.

O gerente e sua família foram liberados após a entrega do dinheiro. Segundo a PF, na tarde de hoje, uma equipe do órgão vai até o local fazer o levantamento do crime.

A operação conta com o apoio das Polícias Civil e Militar, porém, por se tratar de um órgão público a investigação ficará sob o comando da Polícia Federal.

Até o início da tarde desta terça-feira, nenhum dos suspeitos havia sido identificado ou preso.

Em nota, a Caixa Econômica informou que detalhes sobre eventos criminosos são repassados exclusivamente às autoridades policiais, no caso, para a Polícia Federal.

A Caixa disse ainda que que coopera integralmente com as investigações das autoridades competentes.


Crime vem se tornnando frequente

Há dias atrás, familiares de um funcionário do Banpará foram alvos de um sequestro no Conjunto Satélite, no bairro do Coqueiro, em Belém. Eles foram abandonados pela quadrilha ao longo da rodovia BR-316.

Após renderem a família, a quadrilha manteve mãe, esposa e filha sob a mira de armas, e ordenou que o funcionário fosse até uma agência para sacar dinheiro.

A prática de sequestrar a família de bancários para obrigá-los a sacar quantias em dinheiro é conhecida no mundo do crime como "sapatinho".

(DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário