Postagem em destaque

Professora exigia sexo para aumentar notas de alunos. Veja o vídeo!

Uma professora casada de Medellín, Colômbia, foi presa após acusações de que transava com alunos menores de idade e, em troca, dava notas ...

Olho do Boto

Grupo do Blog

Informatica

quinta-feira, março 02, 2017

Ex-presidiário é morto com 12 tiros

                              O homem morreu no mesmo lugar onde jogava baralho – Divulgação
 

O ex-presidiário Paulo César Barros da Silva, 26, foi assassinado com pelo menos doze tiros, sendo 9 na cabeça e três no peito, na tarde desta quinta-feira (2), na rua Óscar Borel, no bairro Compensa 2, Zona Oeste de Manaus, enquanto jogava baralho com amigos.


Os policiais fizeram a perícia e investigam o caso – Divulgação

De acordo com policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), dois homens – ainda não identificados – se aproximaram da vítima, que estava com o grupo de conhecidos, e dispararam várias vezes em sua direção.

“Estamos em patrulhamento quando percebemos uma concentração de pessoas e fomos averiguar a situação. Chegando lá vimos o homicídio. Segundo testemunhas, dois homens chegaram a pé e atiraram nele. Foram 12 tiros no total”, relatou o cabo PM Custódio Bedido.

As outras pessoas que estavam no local saíram correndo e não ficaram feridas.

Paulo César estava vestido com a camisa do Manaus Compensão, time do bairro e financiado pela facção criminosa Família do Norte (FDN). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) nem chegou a ser acionado, pois o ex-presidiário morreu no local, ainda sentado na cadeira de plástico onde estava quando o suspeito se aproximou.

Ainda de acordo com os policiais, o atirador saiu andando a pé pelo bairro após o crime. Equipes fazem buscas na área para efetuar a prisão.

O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) vai investigar o crime.

Bruna Souza e Luís Henrique Oliveira

EM TEMPO



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário