Postagem em destaque

Nélio assina Ordem de Serviço para a 2ª etapa da Praça de Eventos

Assinada a Ordem de Serviço para 2ª etapa da Praça de Eventos O Prefeito de Santarém Nélio Aguiar e o secretário Municipal de Infraest...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

sábado, outubro 22, 2016

Um homem é suspeito de assassinar a esposa e dois filhos, que eram autistas,

Um homem é suspeito de assassinar a esposa e dois filhos, que eram autistas, após transformar a própria casa em uma grande câmara de gás. O caso ocorreu em New South Wales, Estado mais populoso da Austrália, na última segunda-feira (17). As informações são do portal inglês Daily Mail.

O suspeito, a esposa dele, os dois filhos do casal e o cachorro da família foram encontrados mortos (Foto: Reprodução)

De acordo com o site, o principal suspeito do crime é o engenheiro Fernando Manrique, de 44 anos. Após a descoberta do crime, na terça-feira (18), a polícia encontrou tubulações escondidas no imóvel, além de um gás venenoso em botijões.

As vítimas foram Maria Claudia Lutz, de 43 anos, encontrada morta em um quarto com a filha Elissa, de 11 anos, e filho Martin, de 10 anos, encontrado em um outro quarto sozinho. O pai também morreu e estava em uma sala, assim com o cachorro de estimação da família.

Há relatos de vizinhos que viram Fernando fazer reformas no topo da casa no final de semana anterior ao crime.

Fernando e Maria Claudia eram colombianos e, segundo um familiar, o relacionamento estava tenso por causa das crianças. Segundo a imprensa australiana, o casal estava prestes a se divorciar.

POLÍCIA

Uma fonte da polícia, entrevista pelo “Daily Mail”, afirmou que os homicídios foram resultado de uma operação “vasta, elaborada e bem planejada. As autoridades ainda creem que Manrique agiu sozinho, mas não descartam a possibilidade de ele ter feito um pacto de morte com a mulher.

No entanto, somente após o resultado das autópsias é que será possível confirmar a causa das mortes da família.

(Com informações do site Yahoo!)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário