Postagem em destaque

Mentor da morte de técnica de enfermagem tinha briga com filho da vítima

Segundo o delegado Juan Valério, Lessandro Leal de Lima havia se envolvido em uma briga com o filho de Corina no dia 27 de maio e desde en...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

segunda-feira, outubro 31, 2016

Caso Viaduto: A pergunta que não quer calar, de onde partiu a bala?

A policia continua investigando de onde partiu a bala que vitimou a jovem Jarlenane Aranha.
Relato da senhora Jucilea. de Sousa Calderón, rua Japu , residencial Salvação, bairro Salvação, tia de Jarleane Aranha Sequeira, natural de Oriximiná , moradora do residencial Salvação e vítima fatal do caso. Informa.
Foto do Fecebook
Jarleane estava na moto (carona) conduzida por Hugo Wanderlan Figueira Mota, 21 anos, natural de Santarém, residente a Alameda 18, bairro Jardim Santarém. De acordo com a relatora, um policial militar lhe disse que, havia uma abordagem policial as proximidades do Viaduto, quando foi observado que uma motocicleta subiu no canteiro da rodovia Fernando Guilhon, sendo que nesse momento os policiais ouviram disparos de arma de fogo e observaram duas pessoas fugindo do local.

Relacionado:
Veja o que diz o Delegado Jardel e o Repórter Bena Santana sobre a morte da jovem no viaduto.
Santarém: Tragédia no viaduto
Ainda de acordo com a tia da vítima, o disparo atingiu Jarleane e pode ter sido feito do local onde estava a barreira. A vítima foi atingida na costa e o mesmo projétil pegou a coluna do condutor da moto, Hugo Wanderlan que foi socorrido e está internado no. Hospital Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário