Postagem em destaque

Mentor da morte de técnica de enfermagem tinha briga com filho da vítima

Segundo o delegado Juan Valério, Lessandro Leal de Lima havia se envolvido em uma briga com o filho de Corina no dia 27 de maio e desde en...

Flash

Poderá gostar também de:

Participe

Quem achou interessante

sexta-feira, junho 17, 2016

Jader Barbalho o único representante do Pará na lava-jato.

Segundo Machado nos depoimentos à Procuradoria-Geral da República (PGR), o delator disse que o peemedebista o “pressionava muito” por recursos ilícitos.
Em delação premiada, Sérgio Machado diz ter dado propina de R$ 4,25 milhões para Jader Barbalho
Para Jader, Sérgio Machado é ‘canalha’

Em seu acordo de delação premiada, o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado contou que o pagamento de propinas ao senador Jader Barbalho (PMDB-PA) envolveu, além de doações oficiais de campanha, repasses em espécie feitos por um empresário que pretendia fechar contrato com a subsidiária da Petrobras e até a oferta de apoio “logístico” de um banco.

Nos depoimentos à Procuradoria-Geral da República (PGR), o delator disse que o peemedebista o “pressionava muito” por recursos ilícitos.


Machado revelou ter dado, entre 2004 e 2007, R$ 4,25 milhões para Jader, sendo R$ 1,25 milhão em contribuições eleitorais e outros R$ 3 milhões em espécie.

Leia a integra Aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário