Postagem em destaque

Temer é rejeitado segundo pesquisa CNT/MDA só 3,4% aprovam governo Temer; desaprovação é de 75,6%

O levantamento ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades Federativas, das cinco regiões do país.

Grupo do Blog

Informatica

Beile Paraense

Beile Paraense

quinta-feira, junho 02, 2016

Crocodilo é avistado comendo um homem em um canal sobre os pântanos Ver as imagens






Ver as imagens

Um crocodilo foi avistado por dois pescadores comendo um homem em um canal sobre os pântanos da Flórida – assim como esse da foto acima, que mastiga uma enguia.

A polícia informou na última terça-feira (31) suspeitar que o homem já estava morto quando um ou dois crocodilos começaram a comê-lo.

A descoberta grotesca aconteceu no fim da noite de segunda-feira, informou à AFP o sargento Pablo Castañeda da polícia de Davie, no condado de Broward (Flórida, sudeste dos EUA).

Crocodilos da região, como o fotografado acima devorando uma enguia podem chegar a uma tonelada e mais de 6 metros de comprimento.


“Havia dois pescadores na área e eles viram que um crocodilo tinha na boca algo que parecia com restos humanos”, disse Castañeda.

O episódio ocorreu em no canal dos Everglades, a zona pantanosa da Flórida, perto do povoado de Southwest Ranches, ao sul de Weston.

O corpo se encontra agora com os peritos.

“A única coisa que conseguimos confirmar foi o sexo, que é masculino. Não sabemos a raça, nem a idade. Está em avançado estado de descomposição”, acrescentou o oficial. Segundo ele, o corpo era de uma pessoa falecida “há vários dias”.

“Não acreditamos que sua morte tenha sido provocada pelo crocodilo”, acrescentou. “Estamos investigando o caso como um homicídio porque é uma morte suspeita”.

Imagens de televisão mostraram caçadores de crocodilos vigiando o local com rifles de assalto enquanto mergulhadores buscavam pistas nas águas pantanosas.

Nenhum crocodilo foi ferido como consequência da investigação.

Foto: Flickr/Everglades NPS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo
que você achou?
Meta o dedo
Deixe seu comentário